sexta-feira, abril 19, 2024
InícioOutras ReligiõesHinduísmoHinduísmo: Uma Visão Abrangente da Terceira Maior Religião

Hinduísmo: Uma Visão Abrangente da Terceira Maior Religião

Descubra o Hinduísmo, as suas práticas, deuses e a sua influência inegável na cultura indiana.

Descobrindo o Hinduísmo

O Hinduísmo é a religião oficial da Índia, uma das mais antigas tradições religiosas com registro histórico e a terceira maior religião do mundo, apenas atrás do Cristianismo e do Islamismo.

Uma das principais características do Hinduísmo é a divisão da sociedade indiana por castas, compostas separadamente por brâmanes (sacerdotes), xátrias (guerreiros), vaicias (comerciantes), sudras (operários) e, fora da estrutura social, os párias, também chamados de intocáveis. Além de uma religião, o Hinduísmo configura todo o universo cultural indiano, com reflexo direto na sociedade e políticas locais.

O principal símbolo visual do Hinduísmo é o Om ou Aum, o som primordial, utilizado em vocalizações, meditações e mantras, representando a divindade da criação, Brahm.

A prática do Hinduísmo

O Hinduísmo não tem um sistema de crenças integrado nem um único livro sagrado, embora use como referência os Vedas, os textos sagrados da tradição védica. A cultura hindu incorpora uma série de costumes e tradições védicas e, posteriormente, até cristãs, islâmicas, e de outras filosofias orientais, como o Budismo.

As práticas e rituais hindus variam de região, mas a maior parte dos seguidores realiza ao menos um ritual diariamente, como o Puja, que é a oferenda aos deuses. Entre as práticas hindus está incluído o Yoga, o tantra e a meditação, como formas de harmonizar a energia entre o corpo e a mente. A entonação de mantras faz parte dos rituais, assim como é rotineiro que os hindus façam a veneração na alvorada, os rituais de purificação e as peregrinações a locais sagrados, como o Rio Ganges, na Índia.

Os deuses do Hinduísmo são representações corporais, os avatares, da divindade suprema Brâman. São centenas de milhares de avatares cultuados pelos hindus, entre os mais conhecidos Krishna, Shiva, Brahma, Vishnu e Ganesha.

Origem e Evolução

A origem do Hinduísmo não é exata, mas sabe-se que começou a se formar a partir das tradições védicas milênios antes do Cristianismo. Os Vedas são textos sagrados escritos pelo povo ariano, que habitou a região onde hoje é o Irã em 1500 antes de Cristo. É a partir destes costumes védicos que surge o hinduísmo.

As invasões muçulmanas à região, no século XI, fizeram com que o Islã influenciasse a doutrina hindu. Até que a dominação inglesa na Índia no século XIX também mudou a cultura hindu, fazendo com que houvesse um rompimento entre os costumes mais tradicionais para um novo hinduísmo, mais moderno. Surgem novas escolas, linhas e seitas hindus.

As duas tradições compartilham dos conceitos de karma e dharma, mas com diferentes objetivos. Os budistas buscam o nirvana simbolizado pelo estado permanente de paz e trabalham na busca pela felicidade eterna. E os hindus alcançam moksha, um conceito semelhante ao do nirvana, apenas pelo conhecimento da doutrina religiosa, guiado pelos deuses. Ambas as culturas hindu e budista acreditam existirem encarnações anteriores, então que é preciso estar atento ao comportamento em vida para não voltar sob uma forma inferior na próxima. As duas também acreditam na prática do Yoga como forma de alcançar a evolução espiritual.

DESTAQUE

MAIS LIDOS