terça-feira, maio 21, 2024
InícioOutras ReligiõesOutrasBaguá: Feng Shui para a harmonização dos ambientes

Baguá: Feng Shui para a harmonização dos ambientes

A influência do Feng Shui no nosso ambiente: venha compreender sua importância.

Feng Shui, a harmonia entre o que sentimos e onde estamos

Já é sabido que o espaço onde vivemos, trabalhamos ou estudamos, se bem harmonizados, influencia e está intimamente ligado ao no nosso bem-estar.

E o Feng Shui é o poder que temos nas mãos para que consigamos ter essa sensação de bem-estar, presente nos quatro cantos da casa e do escritório.

Seu método estuda e trabalha o princípio único das duas forças antagónicas do céu e da terra: o conhecido yin e yang e, com ele e através dele, harmonizamos tudo!

As duas forças do céu e da terra: o yin e o yang

Através do conhecimento de adquirimos acerca destas duas forças, poderemos analisar, estudar e corrigir os campos energéticos.

E, uma vez corrigidos, é possível solucionar ou melhorar os nossos problemas emocionais, as dificuldades financeiras, os problemas profissionais e até mesmo melhorar a nossa saúde.

Por isso, a simples troca de cor de uma parede, o reorganizar as mobílias, o decorar com plantas, fonte e, principalmente o, deixar o ar entrar e sair, melhora a condição energética do nosso lar, do nosso escritório e consequentemente da nossa vida!

Do clássico ao moderno, conheça as 2 formas do Feng Shui

Existem atualmente 2 formas de Feng shui. O Feng Shui clássico que também é conhecido como o Feng Shui tradicional, que foi desenvolvido na China e tem atualmente 2 escolas e o Feng Shui moderno.

O Feng Shui moderno, segue formas contemporâneas ou modernas do Feng Shui, resultantes da fusão das tradições chinesas milenares com outras culturas mais modernas.

Seja qual forma for utilizada, o objetivo é o mesmo e a partir da harmonização do ambiente, suas energias tendem a comungar com o espaço em que vive e em que trabalha.

E o que é Baguá pra que ele serve na harmonização do Feng Shui?

O Baguá, que em sua tradução significa 8 trigramas, é uma das principais ferramentas utilizadas no estudo do Feng Shui. É o “mapa de energia”, pois o Baguá é utilizado para analisar a energia do espaço.

Através da utilização e da compreensão do Baguá, é possível redirecionar o fluxo de energia para que o Chi positivo seja aumentado e enriquecido, o que leva ao bem-estar. Em contrapartida, o Chi Negativo também é trabalhado, pois o Baguá o corrige.

Com o uso adequado, o Baguá é a ferramenta utilizada para orientar a total harmonização do Feng Shui, exercendo influência poderosa e positiva em nossas vidas.

Os 8 trigramas do Baguá e sua representação no Feng Shui

O Baguá, como foi dito é o instrumento utilizado no Feng Shui. É o mapa de energia do Feng Shui.

O Baguá é dividido em 8 trigramas com cada um deles com as linhas quebradas, que são o Yin e com as linhas inteiras que são o Yang.

Esses trigramas representam os princípios fundamentais da realidade: Abundância e Prosperidade; Família e Comunidade; Amor e Relacionamento; Pessoas e viagens úteis; Criatividade e Crianças; Carreira e Missão de Vida; Sabedoria e Conhecimento.

A utilização e a análise do Mapa de Baguá no Feng Shui

Ao estabelecer os trigramas em quadrados 3 × 3, trabalhamos a sabedoria e o conhecimento. A abundância e prosperidade, a fama e reputação, amor e o relacionamento ficam na parte maior.

No meio do Baguá, é trabalhado a família e no centro, a saúde e a vitalidade.

Os praticantes de Feng-Shui usam este mapa de energia para alcançar o chi positivo e neutralizar o Chi Negativo e uma vez equilibrado, tudo em sua vida fica harmonizado.

DESTAQUE

MAIS LIDOS