terça-feira, maio 21, 2024
InícioCatolicismoOrações à Nsa. SenhoraA Devoção à Nossa Senhora do Carmo: Proteção e Salvação Sob o...

A Devoção à Nossa Senhora do Carmo: Proteção e Salvação Sob o Manto Mariano

Descubra a história da devoção à Nossa Senhora do Carmo e o significado do escapulário como símbolo de proteção divina e salvação eterna.

Proteção e Salvação Sob o Manto Mariano

Este artigo apresenta a história e a devoção à Nossa Senhora do Carmo, uma figura venerada pela Ordem dos Carmelitas. A ordem, que tem o profeta Elias como seu patriarca modelo, também considera a Virgem Maria como a Bem-Aventurada Virgem do Carmo. De acordo com um antigo livro da ordem, a Virgem Maria foi vista dirigindo-se ao Monte Carmelo em forma de uma nuvem, o que levou os monges a construírem uma capela em sua honra no local.

No entanto, no século 13, os monges foram expulsos pelos sarracenos e espalharam-se pelo Ocidente, fundando diversos mosteiros e divulgando a devoção a Nossa Senhora do Carmo. Um frade carmelita chamado Simão Stock teve uma visão em que a Virgem Maria lhe entregava o escapulário da ordem, prometendo que todos aqueles que o usassem seriam salvos.

A devoção ao escapulário de Nossa Senhora do Carmo foi recomendada pelo Papa Pio XII, que o considerava uma veste mariana, simbolizando a proteção divina oferecida pela Mãe de Deus. Descubra neste artigo a importância e o significado dessa devoção, bem como a promessa de salvação associada ao uso do escapulário.

ORAÇÃO À NOSSA SENHORA DO CARMO

A Ordem dos Carmelitas venera com muito carinho o profeta Elias, considerado o seu modelo de patriarca, e a Virgem Maria, venerada com o título de Bem-Aventurada Virgem do Carmo. Um livro muito antigo da Ordem relata a visão de Elias, que mostrou a Virgem dirigindo-se ao Monte Carmelo em forma de uma nuvem que surgia da terra. No ano 93 da era cristã, os monges construíram uma capela em honra à Virgem no Carmelo. No século XIII, quando foram expulsos pelos sarracenos, espalharam-se pelo Ocidente e fundaram vários mosteiros, divulgando a devoção a Nossa Senhora do Carmo. O frade carmelita Simão Stock teve uma visão da Virgem Maria cercada por anjos, segurando nas mãos o escapulário da Ordem, e disse: “Eis o privilégio que concedo a ti e a todos os filhos do Carmelo: todos aqueles que usarem este hábito serão salvos.” A devoção ao escapulário de Nossa Senhora do Carmo surgiu a partir desse momento. O Papa Pio XII recomendou essa devoção, entendendo o escapulário como uma veste mariana, símbolo da proteção da Mãe de Deus.

DESTAQUE

MAIS LIDOS