terça-feira, maio 21, 2024
InícioEsoterismoMantrasMeditação e Mindfulness, vantagens e benefícios

Meditação e Mindfulness, vantagens e benefícios

A prática da Meditação e Mindfulness, trabalha a concentração e a atenção plena através de exercícios de respiração. Veja agora um pouco mais.

Conheça agora um pouco mais sobre as origens e benefícios

Já vimos que a prática regular da meditação contribui para uma melhor noite de sono e ainda é um bom aliado na cura da enxaqueca. Aprendemos também que a meditação melhora os sintomas da depressão ansiedade e estresse.

Também aprendemos que com exercícios de atenção plena durante a prática de meditação, melhora sensivelmente o foco e a concentração e isso, contribui pra que saibamos lidar com a pressão do trabalho, uma vez que as nossas tarefas só se multiplicam dia após dia.

E os benefícios continuam! Como trabalhamos a ansiedade, a prática regular da meditação tem se mostrado eficaz no tratamento da compulsão alimentar, grande causador da obesidade. Segundo pesquisas, comer com atenção, é uma maneira poderosa de se relacionar com os alimentos e fazer escolhas mais assertivas para nutrir o seu organismo.

E corpo tratado, mente tratada, a saúde agradece

Com corpo cuidado, mente tratada, a saúde agradece e males recorrentes se minimizam, como recentemente comprovados através de um estudo feito pela Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP.

Neste estudo, o foco foi o controle da pressão sanguínea e, para chegar aos resultados, foram avaliadas as pressões arteriais de alguns pacientes hipertensos antes e depois das sessões de meditação.

Com este estudo observou-se a redução de PAS e PAM. Portanto, a prática regular da meditação nos leva a uma boa saúde e uma boa harmonia entre o corpo e a mente, ou seja, tornar a meditação uma prática diária é uma positiva revolução na nossa rotina de autocuidado.

Origem do nome “Meditar” e a sua evolução nos séculos

Etimologicamente, a palavra “meditar” surgiu da raiz latina “meditatum”,, ou seja, “ponderar”, entretanto, o significado mais comum que vemos é o “estar em seu centro”, “voltar-se para dentro de nós”, que vem também do latim “meditare”.

Como dissemos no artigo anterior, a meditação é uma prática muito antiga, estando relacionada às filosofias do yoga e do budismo.

Segundo estudos vem da China e da Índia os mais antigos relatos sobre a meditação, entre 1.500 a.C., se pesquisado na filosofia Vedanta do hinduísmo e, por volta de 500-600 a.C., se a referência partir dos taoístas na China.

A meditação e o Budismo, ensinamentos de Sidharta Gautama

Em 500 a.C. o budismo começava o seu legado através dos ensinamentos deixados por Sidharta Gautama, o mestre Buda. Com o crescimento do budismo japonês práticas meditativas foram trazidas para serem desenvolvidas no Japão.

No Oriente Médio, a prática islâmica de meditação era feita através da repetição dos 99 nomes de Deus no Alcorão. E, já na meditação cristã, a Igreja Bizantina contribuiu para a divulgação desta prática. A técnica era feita através da repetição de um mantra.

E, no ocidente, na década de 1980, um pesquisador americano desenvolveu um programa de meditação chamado Mindfulness-Based Stress Reduction (MBSR), ou seja, Redução de Estresse baseada em Plena Atenção, daí a meditação que praticamos no ocidente ser chamada também de Mindfulness, que é a prática da plena atenção.

A definição de meditação varia conforme o seu contexto e região

A definição e a prática, pode variar de acordo com o contexto, a religião seguida e o a região estudada.

No meio acadêmico e científico a meditação também já chegou e hoje faz parte de várias terapias. No meio acadêmico e científico é mais conhecida e indicada como a prática de Mindfulness.

Via de regra, a meditação é realizada através de exercícios de respiração, visualização, mantra e orações. Todas essas técnicas tem um objetivo maior, aquietar a mente, criando um caminho para a iluminação ou a realização espiritual ou então apenas para chegar ao controle das emoções e pensamentos através de um foco definido.

Atenção: O objetivo do Portal Orações.net é apenas divulgar produtos e serviços relacionados ao bem-estar, turismo, religião, gastronomia, finanças, economia, bem como assuntos diversos de interesse comum dos nossos leitores, e fornecer dicas baseadas em fontes oficiais e seguras, através de reportagens que informem sobre os temas relevantes. Portanto, não cobramos nem oferecemos serviços pagos relacionados aos produtos e serviços divulgados em nosso Portal.

DESTAQUE

MAIS LIDOS